A falta de chuvas regulares, as temperaturas mais elevadas e o consequente aumento no consumo de água estão interferindo no abastecimento de água de cidades do Sudoeste. Além de Santo Antônio do Sudoeste e Pranchita, que enfrentam rodízio, e de Dois Vizinhos, que passa a ter o fornecimento de água de forma escalonada a partir desta sexta-feira, 17/12, outras cidades entraram em alerta. Salto do Lontra, Salgado Filho, Capanema e Planalto apresentam queda acentuada na vazão dos mananciais e aumento no volume de água consumida.

O Rio Lontra, que abastece a cidade de Salto do Lontra, apresenta queda de 40% na vazão. Por outro lado, o consumo teve elevação de 20%. O sistema de produção de água não está conseguindo atender a demanda. No período do fim da tarde e noite, com o alto volume de água consumido, os reservatórios perdem níveis, o que tem causado falta de água. Só está sendo possível normalizar o fornecimento de água durante a madrugada. O sistema corre o risco de entrar em rodízio no abastecimento de água.

Mesmo sem riscos imediatos para com o fornecimento de água, em Capanema, Planalto, Salgado Filho e Nova Prata do Iguaçu também foi aceso o sinal de alerta. Os rios que abastecem essas cidades: Siemens, Tamanduá, Santa Cruz e Cotegipe tiveram redução média de 40% no volume de água. Nos demais sistemas da regional de Francisco Beltrão, poços e rios apresentam queda de 20 a 30% na vazão.

Fonte/Imagem: Sanepar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s