A safra de grãos em 2022 deve atingir 278 milhões de toneladas, segundo dados divulgados na última quinta-feira, 09/12, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Se o número se confirmar será o maior da série histórica, iniciada em 1975.

A estimativa representa um aumento de 10% em relação a safra de 2021 e de 2,7% em relação ao prognóstico anterior, que estava em 270,7 milhões de toneladas.

“Esse aumento em relação ao primeiro prognóstico se deu em função da entrada de informações de campo da nova safra, havendo substituição de parte das projeções. Também houve aumento devido ao clima, que tem ajudado as lavouras no campo”, afirmou Carlos Barradas, gerente da pesquisa.

A previsão é de supersafra para soja e milho, que devem alcançar, respectivamente, 138,8 milhões e 109,4 milhões de toneladas. Para a soja, o aumento previsto em relação a 2021 é de 3,4% e para o milho, de 24,2%.

Já a estimativa de novembro para a safra de 2021 alcançou 252,8 milhões de toneladas, 0,5% menor que a obtida em 2020 (254,1 milhões de toneladas). A área a ser colhida foi de 68,4 milhões de hectares, aumento de 3,0 milhões de hectares (4,6%) frente à área colhida em 2020.

O arroz, o milho e a soja são os três principais produtos deste grupo, que, somados, representam 92,6% da estimativa da produção e respondem por 87,5% da área a ser colhida.

Fonte: Canal Rural /Imagem: Gov.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s